SIGA-NOS

Após o martírio de 2021, em que não terminou uma rodada entre os quatro primeiros, o Vasco sente o gostinho do G4. Neste domingo, o Gigante da Colina venceu o Bahia por 1 a 0, em São Januário, e pulou para o G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Contudo, para fechar a 7ª rodada na posição, precisa secar o Grêmio, que visita o Ituano, nesta segunda-feira. Caso o Tricolor Gaúcho vença, o Vasco perde a quarta colocação.

De qualquer forma, a vitória sobre o Bahia dá mais confiança ao Vasco na Série B. O Gigante da Colina está invicto – são três vitórias (sendo duas seguidas) e quatro empates. Com 13 pontos, está na quarta colocação, enquanto o Tricolor Baiano, também com 13 pontos, mas está em terceiro pois tem um triunfo a mais.

Empurrado pela torcida, que lotou São Januário, o Vasco lutou do início ao fim. Tecnicamente, a atuação não foi brilhante. No entanto, o Gigante da Colina se defendeu bem e soube frustrar o Bahia.

Na próxima rodada, o Vasco enfrenta o Guarani. O jogo, de mando do rival, vai ser disputado na Arena da Amazônia, nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília). Do outro lado, o Bahia recebe a Ponte Preta, sexta-feira, às 21h30 (de Brasília), na Arena Fonte Nova.

O jogo

O Bahia teve mais posse de bola no começo do jogo, mas encontrava dificuldade para criar chance clara de gol. O Vasco sofria ofensivamente. Assim, a solução foi explorar a bola parada. Dessa forma, aos 21, em falta na intermediária, Nenê rolou para Figueiredo. Ele acertou um belo chute e fez 1 a 0. Foi o primeiro gol dele no profissional do Gigante da Colina.

O Tricolor Baiano sentiu o gol, mas não demorou a novamente ocupar mais o campo ofensivo. Rildo fez Thiago Rodrigues trabalhar e, com isso, o goleiro espalmou a finalização de fora da área do meia do Bahia. O Vasco não conseguiu aproveitar os contra-ataques, porém levou a vantagem do placar para o intervalo.

Na volta o intervalo, o Bahia assustou logo aos 20 segundos, mas Thiago Rodrigues salvou o Vasco e mandou para escanteio. O técnico Zé Ricardo precisou fazer a primeira mudança, pois Gabriel Dias sentiu o joelho direito e, assim, deu lugar a Weverton.

O jogo ficou quente. Nenê fez falta em Rezende e o tempo fechou, com troca de empurrões. O meia do Vasco levou amarelo e, como estava pendurado, vai desfalcar o clube carioca na próxima rodada.

O Bahia buscava pressionar o Vasco e Zé Ricardo fez mais duas mudanças. Ele colocou Juninho e Palacios. Saíram Andrey e Nenê. Pec levou perigo em chute para fora.

O placar, porém, não sofreu alterações. Com isso, o Gigante da Colina segurou o resultado e pulou para o G-4 da Série B. FICHA TÉCNICA VASCO 1X0 BAHIA

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 15/05/2022, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Público: 19.272 pagantes / 19.692 presentes
Árbitro: Raphael Claus (SP-Fifa)
Assistentes: Neuza Ines Back (SP-Fifa) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Cartão amarelo: Marco Antônio, Rildo e Daniel (Bahia) e Quintero, Nenê, Yuri Lara e Palacios (Vasco)
Cartão vermelho:
Gol:
Vasco: Figueiredo, aos 21′ do 1ºT
Bahia:

VASCO: Thiago Rodrigues; Gabriel Dias, Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Yuri Lara, Andrey dos Santos (Juninho) e Nenê (Palacios); Gabriel Pec, Figueiredo (Erick) e Raniel (Getúlio). Técnico: Zé Ricardo.

BAHIA: Danilo Fernandes; Douglas Borel, Ignácio, Didi e Luiz Henrique (Djalma); Patrick de Lucca (Falcão), Rezende, Marco Antônio (Jacaré), Daniel e Rildo; Davó (Marcelo Ryan). Técnico: Guto Ferreira.

Deixe seu comentário CompartilheClick to share on Twitter (Opens in new window)Click to share on Facebook (Opens in new window)Click to share on Telegram (Opens in new window)Click to share on WhatsApp (Opens in new window)Like this:Like Loading… Relacionado

Fonte: vasconet.com.br/2022/05/16/novo-post-criado-em-16-de-may-de-2022-as-104705

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.